Grande Futebol
"Temos de estar alerta e preparados para fazer outro grande jogo”, avisa Abel
Redação
2021-01-06 11:00:00
Técnico do Palmeiras alerta que eliminatória não está resolvida a favor do Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira mostrou-se satisfeito com a vitória do Palmeiras por 3-0 na visita ao River Plate, na primeira mão das meias-finais da Taça Libertadores em futebol, advertindo que os brasileiros ainda não estão na final.

“Eu tinha dito aos jogadores que, independentemente do resultado que conseguíssemos aqui, este jogo tinha duas mãos, ida e volta. Continuaremos focados. Temos esta vantagem, mas, assim como nós fizemos três golos aqui, é possível o River fazer três lá. Temos de estar alerta e preparados para fazer outro grande jogo”, disse Abel Ferreira no final da partida.

Na terça-feira, o Palmeiras deu um gigante passo rumo à final da Taça Libertadores, ao vencer na visita ao finalista da competição em 2019 – frente ao Flamengo, então treinado por Jorge Jesus – e vencedor em 2018.

Em Avellaneda, casa emprestada dos ‘milionários’, Rony (27 minutos), Luiz Adriano (47) e Matias Viña (62) apontaram os tentos do ‘verdão’, que procura o segundo título, depois do arrebatado em 1999, e a quinta final, repetindo também 1961, 1968 e 2000.

O treinador português elogiou o desempenho da sua equipa, lembrando a qualidade do adversário.

“Quero dar parabéns aos meus jogadores, que usaram a parte mental a nosso favor. Seguimos o plano e a estratégia do jogo. Jogámos contra uma grande equipa que é o River, uma das melhores equipas sul-americanas, com um treinador [Marcelo Gallardo] que está na equipa há cinco anos com um trabalho sensacional e uma forma de jogar muito difícil de marcar”, declarou.

O Palmeiras recebe o River Plate na terça-feira, no Allianz Parque, em São Paulo, onde a equipa comandada por Abel Ferreira assegura a presença na final mesmo perdendo por dois golos.

A primeira mão das meias-finais completa-se hoje, com mais um embate entre argentinos e brasileiros, no La Bombonera, em Buenos Aires, onde o Boca Juniors recebe o Santos.

A final da Libertadores está marcada para 30 de janeiro, no Maracanã, no Rio de Janeiro.