Grande Futebol
"Eu quero ganhar e sei como se ganha, mas é preciso fazer um aviso à navegação"
2020-11-17 22:55:00
Fernando Santos deixa críticas aos jogadores da Seleção Nacional

Fernando Santos teceu críticas aos jogadores após a vitória de Portugal desta terça-feira, diante da Croácia, por 3-2, em jogo da última jornada da fase de grupos da Liga das Nações. 

Já depois dos avisos feitos após o apito final, o selecionador nacional não escondeu a insatisfação na conferência de imprensa, em Split, visando diretamente os atletas. 

“Para se ser campeão da Europa e da Liga das Nações é preciso ter grande qualidade. Essa temos. Mas temos que ter outra qualidade, que foi sempre a nossa matriz, que é dificilmente alguém ganhar a Portugal. Se virmos as estatísticas em 54 jogos, isso percebe-se, mas com esta atitude vamos inverter essa estatística”, começou por dizer.

Fernando Santos apontou depois ‘agulhas’ à equipa, assumindo que no futebol “é muito importante” que se consiga ser “forte e muito completo” nos vários momentos do jogo. 

“Se isto é para equipa? Claramente. Não escondo nada. Ganhamos todos e perdemos todos. Acho que é a altura certa de pararmos para pensar. Eu e os jogadores, que temos um caminho a seguir, que é jogar os dois jogos de apuramento para o Mundial e depois ir ao Europeu procurar vencer”, continuou. 

Aviso aos jogadores de que podem perder o lugar? Pois podem, isso é normal. Podem acusar-me do que quiserem. Eu quero é ganhar e sei como se ganha. Tenho confiança absoluta nos jogadores por aquilo que fizeram e têm feito”, continuou. 

A terminar, o selecionador nacional vincou a necessidade de “fazer um apelo à navegação” para se pensar no jogo de outra forma. 

“É preciso fazer um aviso à navegação. Não é nada que eles não tenham ouvido. Temos de começar a pensar no jogo de outra forma. Que é, quando pudermos pôr beleza e espetáculo tudo bem, mas quando não pudermos, temos de fazer de outra forma, temos de ganhar na mesma. Se não sair bem assim, paciência. Paciência, não, que não tenho paciência para isso”, concluiu. 

A Seleção Nacional terminou esta terça-feira a participação na Liga das Nações, ao findar a prova no segundo lugar do grupo A3, atrás da líder França.