Grande Futebol
Rafael Leão recebeu “bola perfeita” para fazer golo mais rápido da Série A
Redação
2020-12-20 21:15:00
Avançado português destaca importância de Zlatan Ibrahimovic na mentalidade do AC Milan

O avançado português Rafael Leão disse hoje ter recebido “uma bola perfeita” para fazer o golo mais rápido da história da Liga italiana de futebol, na vitória do AC Milan, por 2-1, em casa do Sassuolo.

“Não, não tinha noção [de ter batido o recorde]. Esta jogada já fazemos há alguns jogos, tentamos sempre sair para a frente. (...) O meu colega encontrou espaço e conseguiu ‘meter’ uma bola perfeita para eu concretizar”, descreveu o luso, em declarações ao Canal 11.

Aos 6,2 segundos, Rafael Leão concretizou o primeiro lance do desafio da 13.ª jornada, com o turco Hakan Çalhanoglu a descobrir, entre os defesas locais, o antigo jogador do Sporting, que rematou cruzado dentro da área.

O golo do jovem avançado, de 21 anos, foi dois segundos mais rápido do que o marcado por Paolo Poggi, ao serviço do Piacenza, diante da Fiorentina, no ano de 2001.

O resultado permitiu aos milaneses somar mais três pontos na liderança da Série A, numa boa época que Leão atribui à “mudança de mentalidade” conseguida com a chegada do novo treinador, Stefano Pioli, ainda na temporada transata, e do sueco Zlatan Ibrahimovic, companheiro no ataque.

“O ‘Ibra’ é como um irmão mais velho. Tem muita experiência, é um jogador de nível mundial. A nossa equipa tem muitos jovens e ele é um exemplo. Tentámos procurar melhorar e ouvir o que tem para nos dizer”, contou.