Grande Futebol
Juventus de Cristiano Ronaldo impõe primeira derrota ao líder AC Milan
Redação
2021-01-06 22:35:00
Rafael Leão, que fez uma assistência, e Diogo Dalot também em campo

A Juventus impôs hoje o primeiro desaire ao AC Milan (3-1) na primeira liga italiana de futebol, num jogo em que o português Rafael Leão assistiu para o golo dos milaneses, que mantêm a liderança isolada.

O avançado transalpino Federico Chiesa ‘vestiu-se’ de Cristiano Ronaldo, que hoje ficou em branco, e tornou-se decisivo no jogo da 16.ª jornada, ao fazer dois dos três golos da ‘juve’, o primeiro à passagem do minuto 18, graças a um passe magistral de Paulo Dybala, repetindo-se outra boa combinação já no segundo tempo (62).

Pelo meio, Leão fez o último passe à entrada da área para, de primeira, Calabria (41) bater Szczesny, um golo que não assustou os homens comandados por Andrea Pirlo, uma vez que, já depois de Chiesa bisar, o recém-entrado na partida McKennie (76) ‘selou’ o triunfo em San Siro.

O conjunto de Stefano Pioli, que voltou a apostar em Diogo Dalot para a lateral direita, podia ter aproveitado a derrota do rival Inter no campo da Sampdoria (2-1) para se distanciar no topo da tabela, porém acabou por averbar a primeira derrota desde 08 de março de 2020, diante do Génova (2-1).

Com 37 pontos, mais um do que o clube ‘nerazzurri’, o AC Milan mantém a liderança isolada, enquanto a ‘Vecchia Signora’ é quarta colocada, com 30, mas com um jogo ainda por disputar.

Antes, no Estádio Diego Armando Maradona, o defesa esquerdo Mário Rui foi titular na formação do Nápoles, que não conseguiu vencer na receção ao ‘aflito’ Spezia, reduzido a 10 jogadores desde o minuto 77, face à expulsão do defesa central Ismajli.

A equipa comanda por Gennaro Gattuso até se colocou no comando do marcador, através do suplente utilizado Andrea Petagna (58), contudo, uma vantagem insuficiente perante o ‘adormecimento’ napolitano, que originou a reviravolta forasteira, por M’Bala Nzola (68), de grande penalidade, e Tommaso Pobega (81).

Esta importante vitória permite ao Spezia deixar a zona de despromoção, ocupando, agora, o 16.º posto, com 14 pontos, enquanto o Nápoles é sexto, com 28, os mesmos da Atalanta.