Grande Futebol
Portugal define em Dublin o ‘ritmo’ da decisão com a Sérvia
2021-11-09 21:45:00
Seleção lusa procura apuramento para o Mundial2022

Portugal visita a República da Irlanda na quinta-feira, no penúltimo jogo do Grupo A de qualificação para o Mundial2022 de futebol, que vai ditar qual o ‘ritmo’ com que será disputada a decisão com a Sérvia, no domingo.

Com duas partidas para disputar, a seleção portuguesa ocupa o segundo lugar, com 16 pontos, menos um do que a líder Sérvia (17), que tem mais um encontro disputado, pelo que o duelo com os sérvios, no Estádio da Luz, assumirá sempre caráter decisivo, independentemente do que suceder com os irlandeses, que já estão matematicamente afastados da ‘corrida’ ao Qatar, face aos cinco pontos somados.

Desta forma, em caso de vitória ou empate em Dublin, Portugal precisará apenas de um empate frente ao conjunto do Balcãs, na derradeira partida, para ‘carimbar’ a qualificação automática, porque só o primeiro lugar garante apuramento direto, enquanto o segundo obriga à participação nos ‘play-offs’.

O triunfo sobre a República da Irlanda colocará o conjunto comandado por Fernando Santos isolado no topo do grupo, com mais dois pontos do que a Sérvia, e o empate também vale a liderança, em igualdade pontual, pois a seleção nacional tem vantagem na diferença de golos (16-4 contra 16-8).

Por outro lado, é certo que, se perder na capital irlandesa, a equipa das ‘quinas’ estará obrigada a bater a Sérvia para garantir automaticamente um lugar na fase final do Mundial, já que entrará no Estádio da Luz na mesma situação em que se encontra neste momento, ou seja com menos um ponto do que o líder do grupo.

O penúltimo duelo do Grupo A de apuramento, em Dublin, acontece dois meses após o jogo no Estádio Algarve, no qual a seleção portuguesa esteve a perder com os irlandeses, mas acabou por ser ‘salva’ por dois golos do ‘capitão’ Cristiano Ronaldo, aos 89 e 90+6 minutos, e assegurou o triunfo por 2-1.

Apesar do cenário que permite a Portugal garantir a qualificação com duas igualdades, Fernando Santos já se recusou a pensar em algo que não seja a vitória em ambos os jogos, a começar já diante da República da Irlanda, num duelo que o próprio técnico apelidou de “final”, depois do ‘susto’ por que passou em setembro.

Para a terceira visita oficial à República da Irlanda, a seleção nacional estará privada de Nuno Mendes, castigado, pelo que uma das dúvidas será o jogador que será lançado na lateral esquerda.

Com Raphaël Guerreiro fora da convocatória, por lesão, sobram três laterais direitos de raiz, João Cancelo, Diogo Dalot e Nélson Semedo, sendo que o primeiro tem atuado na banda canhota no Manchester City.

Contudo, Cancelo é um dos seis jogadores lusos em risco de suspensão para o jogo com a Sérvia, caso veja um cartão amarelo em Dublin. Os restantes são Rúben Dias, José Fonte, Palhinha, Renato Sanches e Diogo Jota, o que faz com que Fernando Santos tenha quatro elementos habitualmente titulares (Cancelo, Rúben Dias, Palhinha e Jota) em risco para a decisão de domingo.

Já sem Anthony Lopes, João Mário e Rafa, que foram dispensados por problemas físicos, o selecionador resgatou, na segunda-feira, José Sá e Gonçalo Guedes, que tinham ficado de fora da convocatória inicial, tendo agora ao dispor 25 elementos para atacar os derradeiros embates de qualificação.

Portugal e República da Irlanda jogam na quinta-feira, a partir das 19:45, em Dublin, no penúltimo encontro do conjunto luso no Grupo A de qualificação para o próximo Campeonato do Mundo.

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 termina este mês e o vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final, enquanto os segundos classificados vão disputar os ‘play-offs' de apuramento, aos quais se juntarão dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os ‘play-offs'.

Destas 12 equipas presentes nos ‘play-offs', que serão disputados em março de 2022, sairão os últimos três representantes europeus no próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer no Qatar, entre 21 de novembro e 18 de dezembro de 2022.