Grande Futebol
"Para sempre. Adeus, Diego", escreve o Nápoles
2020-11-25 17:55:00
Nápoles despediu-se de Maradona, jogador que participou na conquista dos únicos títulos na Serie A

“Para sempre. Adeus Diego”, foi assim que o Nápoles se despediu de Diego Maradona, a estrela argentina que 'deu' ao clube os seus únicos títulos na Série A Italiana, e morreu hoje aos 60 anos.

Com uma mensagem breve, um coração azul, a cor do clube e o seu símbolo em negro, o clube napolitano ilustra a mensagem com uma fotografia de Maradona, de braços no ar a sorrir no relvado e com a camisola do clube vestida.

O ‘astro’ argentino, por muitos considerado o melhor futebolista do mundo, representou o Nápoles entre 1984 e 1991, durante sete épocas, num período em que a equipa conquistou dois ‘scudettos’, os únicos da sua história.

Maradona morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o seu agente e amigo Matías Morla.

Segundo a imprensa argentina, Maradona, que treinava os argentinos do Gimnasia y Esgrima, sofreu uma paragem cardíaca na sua vivenda na província de Buenos Aires.

A sua carreira de futebolista, de 1976 a 2001, ficou marcada pela conquista, pela Argentina, do Mundial de 1986, no México, e os dois títulos italianos e a Taça UEFA arrebatada ao serviço dos italianos do Nápoles.