Grande Futebol
Onze factos rápidos sobre o Benfica-PAOK
2018-08-22 20:00:00
Pizzi continua com o pé quente neste início de época. O PAOK já vai em cinco jogos europeus sem perder em 2018/19.

O Benfica empatou 1-1 com o PAOK, na noite de terça-feira, em pleno Estádio da Luz, para a primeira mão do play-off de acesso à Liga dos Campeões. Pizzi fez o golo dos encarnados e continua a ser o principal goleador da equipa de Rui Vitória neste início de época. Do lado do clube grego, continua a campanha europeia de cinco jogos sem qualquer desaire consentido.

- Com o empate (1-1) diante do PAOK, no Estádio da Luz, o Benfica está obrigado a marcar em Salónica e as águias têm um registo 100 por cento vitorioso na casa do clube grego. As águias venceram por 1-0 no terreno do adversário da Champions em 2014 e também lá ganharam por 2-1 no ano de 1999.

- Em três jogos na Liga dos Campeões nesta época, o Benfica registou o segundo empate. Os encarnados até começaram a caminhada europeia com um triunfo caseiro por 1-0 sobre o Fenerbahçe. Na segunda mão, as águias foram a solo turco empatar a um golo, resultado que valeu a passagem para este play-off de acesso à fase de grupos. Na terça-feira, como já se sabe, o 1-1 foi o resultado da receção dos encarnados ao PAOK.

- Ao quinto jogo, o PAOK continua sem conhecer o sabor da derrota na Liga dos Campeões esta temporada. Na segunda pré-eliminatória, a equipa grega eliminou o FC Basileia depois de dois triunfos frente aos suíços. Na terceira pré-eliminatória, o conjunto helénico deixou para trás o Spartak Moscovo, após uma vitória caseira e um empate sem golos na Rússia. Esta terça-feira, o PAOK foi à Luz manter este registo com uma igualdade a uma bola.

- Pizzi voltou a fazer o gosto ao pé e continua a ser o principal artilheiro do Benfica neste começo de temporada. O médio soma agora cinco golos em cinco jogos oficiais disputados em 2018/19. Quatro deles em duas partidas para o campeonato (hat-trick na primeira jornada e um golo na segunda) e o de terça-feira contra o PAOK em três compromissos na Liga dos Campeões.

- Pizzi soma três penáltis concretizados em quatro cobrados com a camisola do Benfica. O médio português marcou da marca dos onze metros diante de Vitória de Setúbal (fevereiro de 2015) e FC Arouca (janeiro de 2015), tal como na terça-feira frente ao PAOK. Em janeiro de 2017, Pizzi falhou uma grande penalidade contra o Vitória de Guimarães.

- Contra o Benfica, Warda marcou o primeiro golo da carreira nas competições europeias. O atacante egípcio fez também o terceiro golo com a camisola do PAOK, sendo que já não fazia o gosto ao pé desde abril de 2017.

- João Félix fez a estreia na Liga dos Campeões, ao ter entrado no decorrer do jogo, e entrou no top-10 de jogadores mais jovens a jogar na competição europeia com a camisola do Benfica. Nessa lista estão também José Gomes, Manuel Fernandes, Miguel Vítor, Renato Sanches, Romeu Ribeiro, Roderick, Gonçalo Guedes, André Gomes e Luís Martins.

- André Almeida realizou na terça-feira o 45.º encontro nas competições europeias com a camisola do Benfica. Com estes números, o lateral ultrapassa nomes históricos do clube da Luz, como Chalana, Carlos Manuel e João Vieira Pinto. Almeida entra também no top-20 de jogadores com mais partidas pelas águias nas provas da UEFA.

- O Benfica empatou 1-1 em casa na primeira mão de uma eliminatória da UEFA pela sexta vez, sendo que conseguiu vencer a eliminatória em três delas (Arsenal em 1991/92; Bayer Leverkusen em 1993/94; Olympique Marselha em 2009/10) e perdeu duas (Girondins Bordéus em 1986/87; Ujpest em 1973/74).

- Vieirinha, internacional português, capitaneou o PAOK contra o Benfica, foi titular como lateral esquerdo pela equipa grega e esteve em campo durante todos os 90 minutos, naquele que foi o terceiro encontro do jogador nesta época, todos eles na Liga dos Campeões.

- Milorad Mazic, da Sérvia, apitou o Benfica pela quarta vez na carreira: esteve também no 1-1 frente ao Besiktas, na fase de grupos da Liga dos Campeões de 2016/17; na vitória do Benfica diante do Galatasaray (2-1) para a mesma competição em 2015/16; e na derrota das águias em casa do Fenerbahçe por 1-0 para a primeira mão das meias finais da Liga Europa de 2012/13.