Grande Futebol
"O Sevilha é a equipa que melhor futebol joga", diz José Gomes
Redação
2021-01-29 21:40:00
Treinador do Almeria elogia adversário nos quartos de final da Taça do Rei

O treinador do Almeria, o português José Gomes, considerou hoje que o Sevilha, seu adversário nos quartos de final da Taça do Rei, é a equipa que melhor futebol está a jogar em Espanha.

“O Sevilha é a equipa que está a praticar o melhor futebol, muito organizada, muito forte, com muita intensidade e uma qualidade tremenda”, disse José Gomes, que ainda brincou sobre o embate com a equipa de Julen Loptetegui, ao rematar com um “pode-se dizer que é uma final antecipada”.

Os elogios do técnico português ao Sevilha não se ficaram por aqui: “Está a lutar pelos primeiros lugares em 'La Liga', com exibições de grande qualidade. Não digo isto por nos ter calhado no sorteio, mas estou a falar de uma equipa que marcou um golo ao Valência nos oitavos de final da Taça do Rei, com 17 passes de qualidade, saindo da pressão e criando espaços nos dois flancos."

Para José Gomes, a qualidade abunda na equipa de Lopetegui, a qual “sabe jogar em ataque organizado, tem velocidade para jogar nas costas da defesa adversária e capacidade para criar situações de golo com passes frontais ou cruzamentos, porque também é forte no jogo aéreo”.

“É uma equipa que se destaca pela sua organização coletiva. Nós vamos procurar desfrutar e fazer o melhor que pudermos”, disse José Gomes, que elogiou Lopetegui, ao dizer que este deixou, na sua passagem pelo FC Porto, “uma imagem de seriedade, de capacidade de trabalho e de organização muito fortes, com ideias claras, das quais não se desvia um milímetro”.

O técnico português lá vislumbrou um fator positivo no resultado do sorteio: “Do mal o menos, calhou-nos jogar em casa, é mais confortável, só é pena que não possamos ter público.”

O Almeria conseguiu o apuramento para os quartos de final da Taça do Rei depois de derrotar na última quarta-feira, em casa, o Osasuna, da I Liga, por 5-4, no desempate por grandes penalidades, após um nulo no final do tempo regulamentar e no prolongamento.