Grande Futebol
O que levou o Watford FC a despedir Marco Silva
2018-01-21 14:10:00
Everton, resultados e dificuldade em comprometer-se com o clube motivaram a decisão

O Watford FC revelou este domingo que Marco Silva já não é o treinador da equipa principal. O português era treinador da equipa desde o início da temporada e não resistiu aos maus resultados, ainda que a abordagem do Everton, que tentou contratar o técnico, tenha tido um papel muito importante em todo o processo. A justificação foi dada no site oficial do clube.

"Esta foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido que a contratação de Marco Silva foi certa e ele iria continuar no cargo se não fosse pela injustificada abordagem de um rival da Liga Inglesa [Everton] para garantir os seus serviços. O que motivou esta decisão foi essa injustificada abordagem, algo que a direção considera ter levado a uma deterioração evidente tanto no foco como nos resultados ao ponto de comprometer o futuro a longo prazo do Watford FC. Pela segurança e sucesso do clube, a direção acredita que tem de fazer uma mudança", explicou o Watford FC em comunicado.

Contudo, não era essa a mensagem que o Marco Silva fazia passar. Pelo contrário: o português, na passada sexta-feira, mostrava-se determinado a dar a volta à situação negativa. "A Liga Inglesa não é uma competição fácil e tens de lutar todos os dias. Vamos fazer tudo o que pudermos para melhorar a nossa equipa da melhor forma", escreveu o treinador na conta oficial no Twitter.

Mas, afinal, o que motivou esta decisão? A abordagem do Everton e a dificuldade de Marco Silva em comprometer-se com o Watford FC ou os resultados? Um pouco de tudo, na verdade. Se o interesse do clube da cidade de Liverpool esticou a corda, os resultados que se seguiram fizeram com que a mesma rebentasse.

O início da temporada dificilmente podia ser melhor. O empate frente ao Liverpool FC (3-3), um dos candidatos ao título, abriu o campeonato, seguido de uma vitória no terreno do AFC Bournemouth. Apesar da eliminação na Taça da Liga após derrota em casa com o Bristol City, a boa campanha na principal competição continuou em grande forma. Com oito jornadas disputadas, o Watford era quarto classificado, estando à frente de equipas como o Chelsea, Arsenal ou Liverpool FC e somando quatro vitórias, três empates e uma derrota (em casa, com o Manchester City, por 6-0).

A partir daí, tudo mudou. Derrotas sucessivas, quebra de rendimento e descida de lugares na tabela. O mau momento da equipa coincidiu, curiosamente ou não, com a abordagem do Everton para substituir Ronald Koeman. Questionado pelos jornalistas sobre esse tema na conferência de imprensa, Marco Silva nunca foi capaz de dizer, com certeza, que ia continuar no cargo ao serviço dos 'hornets', preferindo sempre trocar de assunto e fugir às perguntas.

O Watford FC até venceu esse jogo na casa do Newcastle por 3-0, mas tem sido sempre a cair desde então. Nos últimos onze jogos para a Liga, o Watford FC venceu apenas um jogo e empatou outros dois, somando oito derrotas (quatro delas de forma consecutiva), o que fez com que a equipa, que chegou a estar no quarto lugar, baixasse para a décima posição que ocupa atualmente. Com 26 pontos, o Watford FC está a apenas cinco pontos do Southampton FC, 18º classificado e primeiro membro da zona de despromoção.