Grande Futebol
"Não esperava isto, para ser sincero". Klopp elogia Jota e Nuno Espírito Santo
Redação
2020-11-06 21:55:00
Internacional português está em grande destaque no Liverpool

Diogo Jota é a nova 'coqueluche' do Liverpool. Poucas semanas após trocar o Wolverhampton pelos ‘reds’, o internacional português leva já sete golos apontados em apenas 10 encontros. 

Na última terça-feira, no duelo da Liga dos Campeões frente à Atalanta, Diogo Jota marcou três golos e deixou Jurgen Klopp ‘sem palavras’. 

“Não sei se surpreendido é a palavra certa, mas não esperava isto, para ser sincero. (...) Dou aos rapazes o tempo que precisam e isso em certos casos demora mais, noutros demora menos. Penso que o Van Dijk jogou uma semana depois de ter chegado e marcou o seu primeiro golo. Também foi especial”, afirmou o técnico alemão. 

“Diogo Jota é o jogador que o clube pensava que era. Desde que o possamos ajudar a atingir o próximo nível, ele pode ajudar-nos a fazer o mesmo, em virtude da qualidade que tem”, continuou. 

As palavras de Jurgen Klopp estenderam-se ao Wolverhampton e a Nuno Espírito Santo, um treinador “muito exigente” e importante no desenvolvimento de Diogo Jota. 

“O Diogo é muito jovem, tem 23 anos mas já tem experiência. Jogou numa das equipas que mais trabalham na Premier League, o Wolverhampton. O Nuno é um treinador muito exigente, por isso ele sabe que um jogador ofensivo tem de cumprir várias tarefas, não só criar e marcar. Tem de trabalhar arduamente”, sublinhou. 

O Liverpool visita este domingo o terreno do Manchester City, no jogo de cartaz da oitava jornada da Premier League. Diogo Jota terá pela frente o trio de portugueses dos citizens, Bernardo Silva, João Cancelo e Rúben Dias.