Grande Futebol
Leipzig empata em Frankfurt e não aproveita 'tropeção' do Bayern
2020-11-21 20:00:00
Yussuf Poulsen igualou depois de Barkok ter dado vantagem ao Eintracht

O Leipzig não foi hoje além de um empate 1-1 em casa do Eintracht Frankfurt de André Silva, desperdiçando o ‘tropeção’ do Bayern Munique e a possibilidade de o igualar no comando da Liga alemã de futebol.

Horas depois dos bávaros cederem um empate caseiro, 1-1, com o Werder Bremen, o Leipzig não conseguiu melhor nesta oitava jornada, pelo que ficou com 17 pontos, no terceiro lugar, a um do Bayer Leverkusen e a dois do Bayern Munique.

O marroquino Aymen Barkok adiantou os anfitriões, aos 43 minutos, contudo o Leipzig reagiu no segundo tempo, igualando aos 57 minutos pelo dinamarquês Yussuf Poulsen.

Um Bayern Munique a meio gás cedeu o primeiro empate na prova - tinha seis triunfos e uma derrota –, que ditou a perda dos primeiros pontos, em 10 anos, para o Bremen, que se adiantou no marcador aos 45 minutos, em remate cruzado de Maximilian Eggestein.

Num dos seus desafios de menor fulgor ofensivo, o Bayern, que ainda atirou uma bola à trave, empataria aos 63, em cabeceamento fácil, ao segundo poste, de Kingsley Coman.

O Bayer Leverkusen foi quem melhor aproveitou a jornada, depois de difícil triunfo por 2-1 em casa do Arminia Bielefeld.

O jamaicano Leon Bailey colocou os forasteiros no comando, aos 27 minutos, porém, um lance infeliz do guarda-redes finlandês Lukas Hradecky (47) resultou em igualdade, que só seria desfeita aos 88, com tento do defesa austríaco Aleksandar Dragovic.

Quem também pode ficar com 18 pontos, a um da liderança, é o Borussia Dortmund, caso ganhe hoje no reduto do Hertha Berlim.

O Schalke 04, de Gonçalo Paciência, continua em rota negativa, perdendo, em casa, por 2-0 com o Wolfsburgo, resultado que o mantém em penúltimo, com somente três pontos, enquanto o opositor é quinto, com 14.

O Borussia Mönchengladbach adiantou-se logo aos cinco minutos, com tento de Florian Neuhaus e ficou aparentemente mais perto do triunfo quando o adversário Framberger foi expulso. Contudo, o Augsburgo foi resiliente e empataria aos 88, através de Daniel Caligiuri, com os dois clubes a estarem agora separados por um ponto no fim da primeira metade da classificação.

Já no Hoffenheim-Estugarda houve um empate 'louco', com os visitantes a chegar ao 2-0, a permitirem a reviravolta para 3-2, e a resgatarem um ponto aos 90+3, através de Marc-Oliver Kempf, um resultado que permite o oitavo lugar, com 11 pontos, mais três do que o seu antagonista.