Grande Futebol
"Guardiola não disse palavras bonitas sobre o nosso país. Tive de lhe responder"
Redação
2020-10-22 00:00:00
Sérgio Conceição explica o desentedimento com o técnico do Manchester City

O FC Porto saiu esta quarta-feira derrotado do terreno do Manchester City, por 3-1, na jornada inaugural da fase de grupos da Liga dos Campeões. Além de uma decisão controversa da equipa de arbitragem, mereceu críticas por parte dos azuis e brancos, a partida ficou também marcada por uma troca de palavras entre Sérgio Conceição e Pep Guardiola, já perto do apito final. 

Em conferência de imprensa, o técnico azul e branco explicou que o catalão disse palavras "que não foram bonitas" sobre Portugal e que, por isso, sentiu necessidade de lhe responder. 

"Além da forma como falava com os jogadores da minha equipa e árbitros, agora compreendo ele ter-se referido na antevisão ao peso que o banco do FC Porto tinha no decorrer do jogo. Guardiola foi um exemplo fantástico disso. Conseguiu falar do nosso país e não foram palavras bonitas sobre aquilo que é o nosso país. Quem não sente não é filho de boa gente e tive de lhe responder. A postura do senhor Guardiola no jogo não foi nada agradável e também a do banco adversário", afirmou. 

Recorde-se que no lançamento do jogo, Pep Guardiola destacou a forma como o FC Porto "vive" o jogo e como "fala com o árbitro": "Vê-se a forma como estão vivos, como falam com o árbitro, como estão os jogadores no banco, a ganhar bolas paradas e nas transições", afirmou o técnico. 

O FC Porto perdeu esta noite frente ao Manchester City, no Etihad Stadium, por 3-1, na jornada inaugural da fase de grupos da Liga dos Campeões.