Grande Futebol
Guardiola diz que Conceição quis fazer "'copy paste'" no Etihad
Redação
2020-10-22 10:25:00
Catalão deixa Conceição sem resposta após críticas do português

Pep Guardiola admitiu que o FC Porto, ao contrário do que possa parecer, não se apresentou num registo de três defesas no Etihad frente ao Manchester City mas, sim, com uma linha mais povoada com cinco elementos.

"Jogaram como o Leicester aqui, que nos venceu por 5-2, e quiseram fazer 'copy paste' desse sistema", assegurou Pep Guardiola, em conferência de imprensa.

Aos jornalistas, o catalão destacou ainda que os azuis e brancos criaram dificuldades aos seus jogadores durante toda a partida, salientando o espírito do conjunto portista.

"Foi muito duro. Eles são muito compactos, têm jogadores muito rápidos, agressivos e comuita qualidade. São muito organizados. Têm uma mentalidade vencedora."

Pep Guardiola salientou ainda que "depois do 1-1" os seus jogadores se apresentaram dentro do que esperava, sublinhando ainda que "a segunda parte foi excecional."

"Não os deixámos correr pelos corredores laterais e a qualidade individual dos nossos jogadores fez a diferença", disse Guardiola, que não quis comentar as declarações de Sérgio Conceição.

A dado momento do encontro, fora das quatro linhas, Guardiola e Conceição trocaram algumas palavras mais acaloradas, segundo se percebeu pela transmissão.

No final, Sérgio Conceição revelou que o catalão disse palavras "que não foram bonitas" sobre Portugal e que, por isso, sentiu necessidade de lhe responder. 

"Além da forma como falava com os jogadores da minha equipa e árbitros, agora compreendo ele ter-se referido na antevisão ao peso que o banco do FC Porto tinha no decorrer do jogo. Guardiola foi um exemplo fantástico disso. Conseguiu falar do nosso país e não foram palavras bonitas sobre aquilo que é o nosso país. Quem não sente não é filho de boa gente e tive de lhe responder. A postura do senhor Guardiola no jogo não foi nada agradável e também a do banco adversário", afirmou.