Grande Futebol
"Felicito o Jorge Jesus. É difícil vir de outro país e ter um desempenho destes"
Mauro
2019-10-25 16:50:00
Selecionador brasileiro, Tite, teceu rasgados elogios ao técnico português do Flamengo

“Aproveito para felicitar o Flamengo, pela grande campanha e pelo bom futebol. Felicito o Jorge Jesus, pelo trabalho que vem desenvolvendo. É difícil vir de outro país e ter um desempenho destes”, afirmou Tite, na conferência de imprensa que serviu para divulgar os convocados do Brasil para os jogos de preparação com Argentina e Coreia do Sul.

O técnico referiu que os ‘rubro-negros’ estão a atravessar um “momento mágico”, com a liderança isolada e confortável no campeonato brasileiro, e pelo recente apuramento para a final da Taça Libertadores, 38 anos depois da última presença: “As pessoas vão ao estádio, o Maracanã ferve em todos os jogos. Têm o meu reconhecimento.”

Ainda assim, na lista de convocados do Brasil não constam atletas do Flamengo, ao contrário do que sucedeu na convocatória anterior.

Na altura, Tite foi criticado por chamar o central Rodrigo Caio e do avançado Gabriel Barbosa, que desfalcaram a equipa do Rio de Janeiro em três partidas do campeonato.

O técnico aproveitou para negar que tenha recebido qualquer pedido para não convocar jogadores do líder do ‘Brasileirão’ e finalista da Taça Libertadores.

“Não me chegou absolutamente nada do Flamengo e nem o presidente [da Confederação Brasileira de Futebol] me falou sobre qualquer pedido do Flamengo”, vincou Tite, deixando, contudo, elogios a vários jogadores do ‘Fla’.

De resto, Tite revelou um diálogo curioso que manteve com um adepto do Flamengo, minutos antes desta conferência de imprensa.

“Vou fazer uma inconfidência. Um adepto passou ali e perguntou-me se tinha gostado do apuramento do Flamengo e eu dei-lhe os parabéns. Ele disse-me ‘convoca o Gerson’, ao que eu respondi ‘não convoco, porque depois vocês vão me pegar’. E ele concordou. Mas o Gerson é mais um que gostaria de convocar”, contou.

Numa lista de convocados sem Neymar, que está lesionado, destacam-se algumas estreias e regressos, como são os casos do guarda-redes Daniel Fuzato (Roma), dos defesas Emerson (Bétis) e Felipe (Atlético de Madrid), do médio Douglas Luiz (Aston Villa) e do avançado Rodrygo (Real Madrid).

O Brasil defronta a Argentina em 15 de novembro, em Riade, na Arábia Saudita, e quatro dias depois joga com a Coreia do Sul, orientada pelo português Paulo Bento, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.