Grande Futebol
“FC Porto passou o Benfica e Vieira jogou todas as fichas para ter Jorge Jesus”
2020-08-05 18:00:00
Marcos Braz deixa revelação sobre a saída do técnico português do Flamengo

À margem da apresentação de Domènec Torrent como treinador do Flamengo, o vice-presidente Marcos Braz dá novidades sobre o processo que levou Jorge Jesus para o Benfica.

O dirigente garante que a vitória do FC Porto na I Liga levou o Benfica a apostar “todas as fichas” no técnico português, acrescentando que essa foi uma das razões pela qual Jesus abandonou o Rio de Janeiro.

“O Benfica perdeu a liderança do campeonato, o FC Porto passou para a frente e aí quem é do mundo do futebol sabe como as coisas funcionam. O presidente do Benfica jogou tudo, todas as fichas, e veio buscar um técnico que fez parte da história dele e do Benfica”, afirmou Marcos Braz.

Ao mesmo tempo, o vice-presidente do Flamengo revela não estar chateado com a decisão de Jorge Jesus, mesmo depois de o treinador ter renovado contrato até 2021.

“Ele renovou o contrato e tinha 25 dias para avisar-nos. O importante é que o Flamengo fez o seu trabalho de casa, renovámos com um técnico que era campeão da Libertadores e do Brasileirão”, apontou.

O Benfica terá de pagar ao Flamengo um valor a rondar um milhão de euros pela contratação de Jorge Jesus.

Pagamento que ainda não foi efetuado pelos encarnados, mas Marcos Braz assegura que não há “qualquer tipo de desconforto” e que tudo estará resolvido “esta semana”.