Grande Futebol
“Em 2009, o futebol perdeu um ser humano excecional”. FIFA recorda Bobby Robson
2020-07-31 15:35:00
Organismo lembra uma das maiores figuras da história do futebol português e mundial

No dia 31 de junho de 2009, Sir Bobby Robson, uma das grandes figuras da história do futebol português e mundial, morreu vítima de cancro no pulmão.

Onze anos depois, a FIFA recordou o legado do técnico inglês, explicando que, neste dia, o futebol perdeu um grande senhor.

“Neste dia, em 2009, o futebol perdeu um ser humano excecional”, escreveu a FIFA nas redes sociais.

Ao mesmo tempo, o organismo que tutela o futebol mundial relembra uma frase de um dos melhores técnicos de sempre, Sir Alex Ferguson, que colocou Bobby Robson num patamar de excelência.

“Durante os 23 anos que levo a trabalhar em Inglaterra, não havia ninguém que eu colocaria à frente de Bobby Robson”, referiu a lenda do Manchester United.

Sir Bobby Robson chegou a Portugal em 1992 para treinar o Sporting, clube onde ficou até a temporada 1993/94, onde foi despedido pela única vez na sua carreira, às mãos de Sousa Cinta, após uma derrota frente ao Casino Salzburgo por 3-0.

Uns dias depois, o treinador inglês assumiu os destinos do FC Porto. Após levar os dragões ao segundo lugar em 94, Bobby Robson começou o caminho para o penta, tendo sido campeão em 1994/95 e 1995/96.

O técnico também fez história em Inglaterra, Espanha e Holanda, com passagens pelo Ipswich Town, Newcaslte, Barcelona e PSV, tendo ganhou troféus em todos esses países.