Grande Futebol
“É nos momentos de dor que devemos aprender”, diz Abel
Redação
2021-02-14 15:55:00
Palmeiras regressa aos jogos do campeonato após uma participação "negativa" no Mundial de clubes

Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, assumiu que a participação do campeão sul-americano no Mundial de clubes foi “negativa”, pelo que o regresso à competição no campeonato brasileiro tem de servir para “dar a resposta”.

O ‘verdão’ defronta este domingo o Fortaleza, para a 36.ª jornada, e arrisca-se a somar o quarto jogo consecutivo sem vencer no somatório das várias competições, o que será um registo inédito para o técnico português.

“Foi a primeira vez que estive aqui [Mundial de clubes] e, para mim, é tudo novo. Sou um treinador extremamente jovem e a minha equipa também é. Portanto, para nós, foi uma grande oportunidade vir ao Mundial e crescer com essa experiência”, adiantou Abel, na antevisão da partida com o Fortaleza.

Essa participação no Mundial de clubes, realizado no Qatar, “foi negativa”, assumiu o técnico. O Palmeiras perdeu com os mexicanos do Tigres, na meia-final, e na disputa do terceiro lugar foi derrotado pelo Al Ahly. “Mas a vida já me ensinou que, nos momentos de dor, devemos aprender”, salientou.

“Temos que aprender com essa experiência. Saímos com cicatrizes e alguns golpes, mas, seguramente, no futuro essas cicatrizes vão tornar-nos mais fortes e preparados para, quando isso acontecer novamente, darmos uma resposta com toda a aprendizagem que fizemos aqui”, reforçou Abel.

Longe da luta pelo título de campeão brasileiro, o Palmeiras, vencedor da Libertadores, aposta agora na conquista da Taça. Na final, a duas mãos, o ‘verdão’ vai defrontar o Grémio, a 28 de fevereiro e 7 de março.

Segue-se, depois, a Supertaça sul-americana, com a formação brasileira a ter como oponente os argentinos do Defensa y Justicia, em jogos marcados para 7 e 14 de abril.

“É sempre muito bom ganhar, mas também precisamos de saber perder. Temos que, agora, fazer as nossas reflexões e ouvir as críticas, mas entender que o caminho é em frente. É através desses jogos que nos preparamos para as finais que temos e para continuar a colecionar títulos”, finalizou Abel Ferreira.