Grande Futebol
Diogo Jota marca pelo Liverpool, mas Brighton empata aos 90+3 minutos
Redação
2020-11-28 15:30:00
Nono golo do internacional português nesta temporada

Um penálti convertido por Pascal Gross, aos 90+3 minutos, permitiu hoje ao Brighton conquistar um empate 1-1 diante do Liverpool e anular o golo do português Diogo Jota, na partida da 10.ª jornada da Liga inglesa.

O jogo que abriu a ronda não se iniciou sem que as duas equipas homenageassem, com uma salva de palmas no centro do terreno, o argentino Diego Armando Maradona, considerado um dos melhores futebolistas de sempre, que morreu na quarta-feira, aos 60 anos.

O internacional luso Diogo Jota voltou a ser titular no ataque dos ‘reds', que viram o Brighton desperdiçar a primeira grande penalidade do encontro aos 20 minutos, por Neal Maupay, e tiveram um golo anulado, por fora de jogo de Mohamed Salah.

No segundo tempo, o egípcio combinou com Jota e o avançado português, num lance individual de grande qualidade, tirou vários adversários do caminho e inaugurou o marcador, aos 60 minutos, anotando o seu quinto golo na ‘Premier League' e o nono na temporada.

O golo de Sadio Mané, que sentenciaria o triunfo dos campeões ingleses, aos 84 minutos, acabou por ser invalidado, por posição irregular do senegalês, situação essa que acabou por ser capitalizada pelos ‘seagulls', aos 90+3, quando o alemão Pascal Gross converteu a grande penalidade cometida por Andy Robertson sobre Danny Welbeck.

Com este empate, o Liverpool isolou-se provisoriamente na liderança, com 21 pontos, mas corre o risco de ser ultrapassado, caso o Tottenham (20), de José Mourinho, vença na visita ao Chelsea (18), no domingo. Já o Brighton segue na 16.ª posição, com 10 pontos.