Grande Futebol
Dezoito jogadores do Boca Juniors infetados
2020-09-03 19:35:00
Treinos suspensos a 15 dias da estreia na Libertadores

Os argentinos do Boca Juniors confirmaram hoje que o surto no plantel de futebol deu origem a 18 casos positivos à covid-19 entre jogadores, a 15 dias da estreia na Taça Libertadores e com os treinos suspensos.

O comunicado do clube ‘xeneize' dá conta de que todos se encontram em isolamento e serão testados novamente antes de serem reintegrados nos trabalhos do campeão argentino, à semelhança do médico, Iván Marcone.

O líder da Comissão Médica da Associação de Futebol Argentino (AFA), Donato Villani, tinha dito na terça-feira que a quantidade de casos de covid-19 no Boca são "impactantes", mas que alguns positivos seriam "totalmente expectáveis", uma vez que as ‘bolhas' sanitárias criadas para permitir à equipa treinar duas vezes por dia não garantem "segurança a 100%".

Esse protocolo arrancou em 24 de agosto, permitindo cumprir as medidas do Governo argentino e aumentar a carga de treinos, podendo agora perder grande parte da equipa para o reatar das competições.

O clube da capital argentina tem prevista uma deslocação ao Paraguai, em 17 de setembro, para defrontar o Libertad, em encontro da terceira jornada da Taça Libertadores.