Grande Futebol
"Depois dos 7-1 no Mundial, Jesus foi a melhor coisa que aconteceu ao Brasil"
2020-08-11 11:55:00
Colunista brasileiro avisa treinadores canarinhos que devem tirar lições do que Jesus fez

Rodolfo Rodrigues, um dos principais colunistas do futebol brasileiro e coordenador do prémio Bola de Prata da ESPN Brasil, não gostou das críticas que Vanderlei Luxemburgo teceu a Jorge Jesus e lembrou ao técnico canarinho o porquê de o agora técnico do Benfica ser tão admirado em terras canarinhas.

Para o colunista do UOL, após a derrota por 7-1 no Mundial do Brasil, "Jesus foi a melhor coisa que aconteceu ao Brasil".

Rodolfo Rodrigues foi mais longe e salienta, em jeito de recado ao futebol brasileiro, que "nos últimos anos, vemos uma estratégia que prega o futebol defensivo e que se espalha por todos os clubes, como se essa fosse a única maneira de alcançar resultados".

Mas coube a Jesus revelar um outro lado da moeda no futebol brasileiro.

"Jorge Jesus não só mostrou o oposto, com um futebol para lá de ofensivo, como acabou com a ideia de poupar jogadores, outra praga no nosso futebol", referiu Rodolfo Rodrigues, em artigo de opinião no UOL.

O colunista salientou ainda que Jesus devolveu ao Brasil "a esperança de ver um futebol alegre, ofensivo e com prazer de se ver, ao contrário do que Luxemburgo e outros tantos ainda insistem em fazer".

Rodolfo Rodrigues lembrou que outras equipas e outros treinadores também tiveram craques à disposição mas nenhum conseguiu mostrar aquilo que Jesus conseguiu.

O colunista entende por isso que não foi em vão que Jorge Jesus teve o "seu nome cantado com orgulho pelos adeptos no Maracanã".