Grande Futebol
“Cristiano Ronaldo precisa de ajuda, não está a jogar ténis”, diz Bojinov
Redação
2021-04-07 18:25:00
Antigo avançado da Juventus sai em defesa do internacional português e do treinador Andrea Pirlo

A eliminação da Liga dos Campeões, frente ao FC Porto, nos oitavos de final da prova, continua a dominar a atualidade da Juventus. Vencedor de cinco ‘Champions’ e o reforço mais caro na história do clube, o internacional português Cristiano Ronaldo tem sido apontado como o principal responsável por mais um falhanço europeu da ‘velha senhora’. As muitas críticas deram, depois, origem a rumores sobre uma alegada vontade do avançado em deixar o clube, assim como de supostos alvos no próximo mercado de transferências.

Valeri Bojinov, antigo atacante da Juventus, saiu em defesa de Cristiano Ronaldo e do treinador Andrea Pirlo, que tem sido acusado de não saber tirar o melhor rendimento do internacional português. Atualmente no Levski Sofia, o experiente búlgaro realçou que o plantel da Juventus não tem tanta qualidade e versatilidade como tinha o Real Madrid na ‘era de CR7’.

“Cristiano Ronaldo é um jogador único, mas não pode ser o sustento da equipa. O futebol é um desporto coletivo. Não está a jogar ténis, ele precisa de ajuda. Quando olham para Ronaldo, só querem saber se marca ou se assiste, se faz a diferença, mas esquecem-se que ele já nao está no Real Madrid. O plantel da Juventus é muito diferente do plantel da Juventus”, afirmou Bojinov, que passou pelo Sporting entre 2011 e 2013.

Se toda a equipa falha, nem Cristiano Ronaldo, nem Andrea Pirlo podem ser individualmente responsabilizados, insistiu o antigo jogador da Juventus. “Tenho a certeza que a Juventus não cometeu um erro ao confiar em Pirlo. Não podemos esquecer que o Cristiano Ronaldo precisa de jogadores do mesmo nível ao lado dele. Ele sabe que a equipa da Juventus não é a mesma que tinha no Real Madrid. Na minha opinião, a estratégia para a próxima época deve passar por contratar jogadores com a mesma qualidade de Cristiano e, aí sim, atacarem a Liga dos Campeões, o campeonato e as taças”, insistiu Bojinov, em declarações ao portal JuventusNews24.

As declarações do antigo dianteiro da Juventus surgiram num momento em que o dinamarquês Erling Haaland, do Borussia Dortmund, tem sido apontado com insistência à ‘velha senhora’. É um negócio que “faz todo o sentido”, como explicou o antigo internacional irlandês Tony Cascarino, que representou clubes como Chelsea, Marselha e Celtic.

“Se estás preparado para contratar Ronaldo aos 33 anos por 115 milhões de euros, podes facilmente contratar Haaland. A Juventus teve uma época muito difícil, mas foi uma época de transição, é uma equipa que vai lutar pela Liga dos Campeões nos próximos cinco anos. Quando contrataram Matthis de Ligt ao Ajax, essa ambição já era assumida. E parece que o futebol italiano tem vindo a gastar como nos anos 80, preparando-se para grandes transferências”, afirmou Tony Cascarino, em declarações à rádio TalkSport.