Grande Futebol
Cristiano Ronaldo, do primeiro ao 801.º golo em 1103 jogos
2021-10-13 10:10:00
Internacional português precisou de 19 anos e 5 dias para superar mais um número redondo, numa carreira notável

A 7 de outubro de 2002, em Alvalade, Cristiano Ronaldo apontou o primeiro golo da carreira profissional. A 12 de outubro de 2021, ultrapassou a barreira dos 800, com um hat-trick na receção ao Luxemburgo, em jogo de apuramento da seleção nacional para o Mundial2022. Estes são os dois extremos desta história que só terminará no dia em que CR7 encerrar a sua carreira. Até lá, continuará a bater recordes e a desafiar a história do futebol.

Regressemos ao primeiro capítulo. Corria o dia 7 de outubro de 2002. O Sporting recebia o Moreirense, em jogo do campeonato que os leões venceram por 3-0. Cristiano Ronaldo bisou, com golos aos 34 e aos 95 minutos, diante dos cónegos. E aquela jovem pérola leonina mostrava talento, mas ninguém poderia adivinhar que se tornaria, um dia, no melhor do mundo, num mito do futebol. Estava escrito o primeiro capítulo.

E 6945 dias depois, 19 anos e 5 dias mais tarde, no Estádio Algarve, na 20.ª temporada como sénior, o capitão da seleção nacional supera a fasquia dos 800 golos, em mais uma noite de glória, com três remates certeiros, na goleada de Portugal por 5-0.

No dia em que disputou o 1103.º jogo oficial – a estreia pelo Sporting, como profissional, ocorreu na receção ao Inter Milão, em jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões –, Ronaldo supera os 800 golos.

Mais de metade foram conseguidos com a camisola do Real Madrid: 451, em 438 jogos, ao longo de nove temporadas, de 2009 a 2018. E este registo incrível também guarda história: é graças a ele que o internacional português é o melhor marcador de sempre dos merengues.

E teremos de recordar alguns nomes que são verdadeiras lendas do futebol. Todas elas inesquecíveis, todas elas superadas por Ronaldo: Emilio Butragueño, Francisco Gento, Hugo Sánchez, Ferenc Puskás, Carlos Santillana, ‘dom’ Alfredo Di Stéfano e Raúl González.

Porém, antes de jogar em Madrid Ronaldo já era um dos grandes craques da atualidade. No Manchester United (2002/03 e 2008/09), clube para onde regressou, apontou 123 golos, cinco já na presente temporada. Em Old Traford, o português realizou 298 encontros.

O jogador, que nasceu em 05 de fevereiro de 1985 tem, construiu uma longa carreira e reputada carreira também ao serviço da seleção lusa. Vestiu a camisola das quinas por 182 vezes e marcou 115 golos.

Não há no mundo nenhum jogador com tantos golos marcados, nas respetivas seleções. O ano de 2021 marca a ascensão de Ronaldo ao primeiro lugar desta lista, superando Ali Daei. O português igualou o iraniano na fase final do adiado Euro2020, face à França (2-2), e, depois, ultrapassou-o com um bis na partida com a Irlanda (2-1), em jogo de apuramento para a fase final do Mundial de 2022.

A carreira de Cristiano Ronaldo fica assim marcada por ‘números centenários’ ao serviço da seleção e de três clubes: Manchester United, Real Madrid e Juventus (em Turim, fez 101 golos, em 134 jogos).

A Juventus foi o penúltimo clube da sua carreira (até ao momento): entre 2008/19 e 2020/21 (até à primeira jornada).

Restam as estatísticas de Ronaldo no Sporting, clube que lançou o génio para a alta-roda do futebol. Pelo clube de Alvalade, apontou cinco golos em 31 jogos, em 2002/03.

E restam ainda as seleções de sub-21 (três golos em 10 jogos, em 2002/03), de sub-20 (um, em cinco, em 2002/03) e a seleção olímpica (dois, em três, em 2004/05).

As contas estão mais do que feitas: são 801 golos, em 1103 jogos, sendo que, somando apenas os jogos em equipas principais, de seleções e clubes, o registo é de 795 tentos, em 1083 encontros.

Os 801 golos de Cristiano Ronaldo:

  • Golos por clube e seleção:
  • Sporting (2002/03): 31 jogos, 5 golos
  • Sporting B (2002/03): 2 jogos, 0 golos
  • Manchester United (2003/09 + 2021/22): 298 jogos, 123 golos
  • Real Madrid (2009/2018): 438 jogos, 451 golos
  • Juventus (2018/2022): 134 jogos, 101 golos
  • Seleção sub-21 (2002/2003): 10 jogos 3 golos
  • Seleção sub-20 (2002/2003): 5 jogos, 1 golo
  • Seleção olímpica (2004/2005): 3 jogos, 2 golos
  • Seleção AA (desde 2003): 182 jogos, 115 golos
  • Total: 1103 jogos, 801 golos