Grande Futebol
CBF quer castigo para jogadores que ficaram em Inglaterra
2021-09-08 17:00:00
Nove jogadores que ficaram em Inglaterra tinham sido convocados para três jogos da fase de qualificação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) solicitou hoje à FIFA que impeça oito dos jogadores ‘canarinhos’ que atuam na liga inglesa de jogarem durante o fim de semana, como castigo por não terem sido libertados pelos respetivos clubes.

Devido às medidas de combate à pandemia de covid-19, Roberto Firmino, Fabinho e Alisson (Liverpool), Ederson e Gabriel Jesus (Manchester City), Raphinha, (Leeds United), Thiago Silva (Chelsea) e Fred (Manchester United) foram impedidos pelos respetivos emblemas de se juntarem à seleção brasileira, por terem que passar por uma quarentena obrigatória de 10 dias num hotel e sem poder treinar quando regressassem a Inglaterra.

Pela mesma razão, Richarlison, do Everton, também acabou por ficar ausente da equipa ‘canarinha’, mas a CBF optou por não incluir o avançado na lista, já que o clube de Liverpool permitiu a sua participação nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, em que o Brasil conquistou a medalha de ouro no torneio de futebol.

A CBF invoca uma secção dos regulamentos da FIFA, segundo a qual os jogadores que não se colocarem à disposição de suas seleções podem ser penalizados com um período de cinco dias sem jogar.

Os nove jogadores que ficaram em Inglaterra tinham sido convocados para três jogos da fase de qualificação sul-americana para o Mundial2022.