Grande Futebol
Autogolo dá vitória ao Wolverhampton no arranque da 25.ª jornada da liga inglesa
Redação
2021-02-19 22:35:00
Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Nélson Semedo foram titulares e Fábio Silva suplente utilizado

Um autogolo do guarda-redes Meslier foi hoje decisivo para o Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, vencer na receção ao Leeds United (1-0), no encontro inaugural da 25.ª jornada da liga inglesa de futebol.

Depois de um primeiro tempo sem golos, mas com várias investidas e tentativas de golo por parte dos ‘wolves’, nomeadamente pelos pés do luso Pedro Neto, o golo que decidiu o jogo aconteceu num lance muito infeliz para o jovem guardião francês, de 20 anos, aos 64 minutos.

Um ‘disparo’ do espanhol Adama Traore levou a bola a embater na trave da baliza visitante, que ressaltou para as costas do guarda-redes, antes parar no fundo das redes.

Os ‘peacocks’, que tiveram a melhor chance na primeira parte, quando o médio Klich cruzou direto para o poste, viram ainda o videoárbitro (VAR) anular um golo ao avançado Patrick Bamford, por estar em posição irregular, instantes antes de Marcelo Bielsa lançar Hélder Costa.

Este triunfo permitiu à equipa dos lusos Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Nélson Semedo, todos titulares hoje no Molineux, subir ao 11.º posto, com 33 pontos, e ultrapassar precisamente o Leeds, 12.º, com menos um.

Nos ‘wolves’, Fábio Silva foi opção para Nuno Espírito Santo aos 87 minutos, enquanto Vitinha não saiu do banco de suplentes.