Euro2020
Pepe e Moutinho com Ronaldo no pódio 100 por cento luso de jogos em Europeus
2021-06-27 20:15:00
O pódio neste capítulo é integralmente português

Pepe e João Moutinho, eleitos para o ‘onze’ de Portugal que defronta hoje a Bélgica nos oitavos de final do Euro2020 de futebol, juntaram-se a Cristiano Ronaldo num pódio 100% luso de jogos em Europeus.

Ao serem titulares em Sevilha, o central do FC Porto, de 38 anos, e o médio do Wolverhampton, de 34, passam a somar 19 jogos em Europeus, deixando para trás o retirado alemão Bastian Schweinsteiger, que acabou a carreira com 18.

Em termos de jogos em fases finais do Europeu, o pódio é, assim, integralmente português, já que Cristiano Ronaldo, ‘capitão’ da seleção lusa, é o líder destacadíssimo da tabela, somando hoje o 25.º encontro.

Pepe e João Moutinho já tinham sido utilizados nos três jogos de Portugal no Grupo F, com Hungria (3-0), Alemanha (2-4) e França (2-2), o defesa sempre como titular e o ex-jogador de Sporting e FC Porto como suplente utilizado nos dois primeiros jogos e a partir do ‘onze’ no terceiro.

Por seu lado, Ronaldo foi titular nos três encontros e marcou em todos, duas vezes aos húngaros, uma aos alemães e mais duas aos franceses, para liderar isolado a tabela dos marcadores, com mais um tento do que o checo Patrik Schick.

O central portista e o médio dos ‘Wolves’ estrearam-se no Euro 2008 e, desde então, só falharam, cada qual, um encontro de Portugal.

Pepe não defrontou o País de Gales (2-0) nas meias-finais do Euro2016, devido a castigo, enquanto Moutinho foi suplente no embate dos ‘oitavos’ da mesma competição, face à Croácia (1-0, após prolongamento).

Quanto ao ‘omnipresente’ Cristiano Ronaldo, começou no Euro2004 e, desde aí, também só faltou a um mísero embate da formação das ‘quinas’, face à Suíça (0-2), no terceiro jogo da fase de grupos do Euro2008, com Portugal já nos ‘quartos’.

Ronaldo, único jogador da história que disputou jogos em cinco fases finais e líder isolado da lista dos marcadores, com 14 tentos, participou em seis jogos em 2004, três em 2008, cinco em 2012, sete em 2016 e, para já, quatro em 2020.