Artigos Patrocinados
Das Slot Machines ao Póquer: jogadores online preferem os mais tradicionais
2020-09-17 13:40:00
Crescimento no número de jogadores de casino online e a sua preferência por jogos tradicionais têm muitas explicações

Misto de glamour e el dourado, os casinos são uma parte importante da cultura popular. Pensemos nos filmes de James Bond ou em Las Vegas com os seus casamentos regados a fichas de póquer, estes são apenas dois meros exemplos de como os casinos são mais do que meras salas de jogo, são, igualmente, locais umbilicalmente ligados a estórias e História.

Com a entrada no séc. XXI, este património social foi-se alargando ao mundo digital. Milhares de casinos online abriram por todo o mundo, entregando a experiência de “casino” no conforto do lar de milhões de utilizadores. Portugal não foi exceção. A partir de 2005, ano em que o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ) passou a regular os casinos tanto físicos quanto online, emitindo as licenças necessárias e divulgado os números relativos de apostas e receitas.

Além de ser uma diversão, este setor gera lucros não só para as 13 entidades autorizadas atualmente, mas também para o governo, que viu aumentar nos últimos anos a arrecadação de tributos com estes valores a chegarem aos 20,8 milhões de euros no último ano.

Falamos de História e das estórias que as experiências num casino físico contam. Aqui entram, de igual forma, os jogos que preenchem a memória coletiva de milhões. Poker, Blackjack, Roleta e as carismáticas máquinas de jogo, vulgarmente conhecidas por slot machines, são marcas que o tempo não apagou e que, pelo contrário, com o advento do jogo online parecem ter-se tornado preferenciais dos jogadores online.

De acordo com o último relatório do SRIJ relativamente ao primeiro semestre de 2020, o encerramento dos casinos físicos em meados de março, contribuiu para o aumento do volume de apostas e do número de jogadores online de uma forma geral e, em particular, nos jogos de fortuna ou azar colocados à disposição dos casinos online.

Março e abril registaram, respetivamente, volumes de apostas de 381,1 (+95,3%) e 479,3 (+97,5%) milhões de euros quando em comparação com o mesmo período de 2019. Em relação aos apostadores, os dados disponíveis apontam para um total de 625,5 mil jogadores em contraponto com os 441,2 mil apurados no 1º semestre de 2019. Deste total, 287,8 mil pertencem a novos registos e representam, igualmente, um crescimento face aos 227,4 mil apurados no ano passado.

Com as apostas desportivas online a sofrerem uma quebra devido ao adiamento/cancelamento das competições desportivas, a fatia de leão dos apostadores online acabou por caber aos jogos de fortuna e azar com 45,3% dos 625,5 mil apostadores registados a optarem por este tipo de aposta. Se somarmos estes 45,3% aos 19,8% que dividiram as apostas em jogos de casino com as apostas desportivas, a percentagem de jogadores eleva-se aos 65,1%.

E para onde foi a preferência destes milhares de apostadores dentro dos jogos de fortuna ou azar online? Se a sua resposta foi para os jogos tradicionais como as slot machines, a roleta ou o póquer, a sua resposta está correta.

Apesar da profusão de novos jogos, as preferências dos apostadores online portugueses foi para os jogos mais tradicionais, jogos que acabam por ocupar os três primeiros lugares do ranking publicado pelo SRIJ. Na liderança estão as slot machines online a quem cabe mais de 69% do volume total de apostas em cada mês do semestre analisado. No segundo lugar, a prata é entregue à Roleta francesa com uma quota média de quase 14% enquanto o bronze é pertença do póquer com cerca de 11% do volume de apostas.

O crescimento no número de jogadores de casino online e a sua preferência por jogos tradicionais têm muitas explicações.

A primeira das quais prende-se com o fecho dos casinos físicos durante a fase de confinamento obrigatório, o que levou muitos dos habituais jogadores deste tipo de entidades a migrarem para o universo digital, local onde encontram aliciantes como casinos com bónus de registo e jogos que emulam de forma muito real os estímulos visuais e auditivos do espaço físico (as slot machines são um desses exemplos).

Outra explicação não despicienda está ligada ao nosso imaginário e à facilidade como podemos obter a informação necessária para começarmos a jogar. As tais “História e estórias”, que nos levam subconscientemente a optar, aquando da experiência em casinos online, por jogos que já conhecemos e/ou dominamos como o póquer e a facilidade com que, hoje em dia, obtemos informação sobre como jogar slot machine ou roleta e receber bónus de iniciação através de portais especializados em jogos de casino online como o Apostas Online, são fatores que acabam por contribuir decisivamente não só para o crescimento do número de registos no jogo online de fortuna ou azar, como para a preferência pelos jogos de casino tradicionais mesmo no universo digital.