Portugal
"Ter capitães por tempo de clube não me diz nada. Eu é que decido", diz Jesus
2020-10-22 20:20:00
Técnico explica opção por Otamendi a capitão das águias

A vitória do Benfica na Polónia, por 4-2, sobre o Lech Poznan, na jornada inaugural da fase de grupos da Liga Europa, ficou marcada pela estreia de Otamendi como capitão dos encarnados. 

Após as ausências de André Almeida (por lesão) e Jardel do onze inicial, a braçadeira ficou à responsabilidade de Pizzi nos primeiros 45 minutos, mas depois da troca com Rafa ao intervalo, foi o internacional argentino a liderar a equipa. 

No final do encontro, Jorge Jesus explicou a decisão de nomear o defesa central como um dos capitães, garantindo que o argentino se vai manter no lote. 

"Quando cheguei ao Benfica, os ‘capitães' já estavam atribuídos. Eram cinco. Saíram dois, o André [Almeida, lesionado] e o Rúben [Dias]. Quando chego a um clube, não me diz nada haver já três ou quatro ‘capitães' escolhidos, com base no tempo que têm de clube. Eu é que escolho os ‘capitães’ e tenho por hábito incluir no lote de ‘capitães’ um jogador que seja novo no clube. Dos que chegaram, pela experiência, só poderiam ser dois: o Otamendi e o Vertonghen. Só que o Vertonghen não sabe falar português e o Otamendi fala. Vai continuar a ser um dos cinco capitães de equipa", explicou. 

Em relação ao encontro, o técnico dos encarnados viu uma "vitória categórica" perante um adversário "atrevido" e elogiou a exibição de Darwin Núñez, autor de três golos. 

"A caminhada nesta competição é jogo a jogo. Foi uma vitoria categórica do Benfica. Estivemos sempre por cima do jogo. É um adversário atrevido e, por isso, fez-nos dois golos, mas também pagou caro pelo seu atrevimento. Fizemos quatro golos, mas poderíamos ter feito mais. (...) Além dos quatro golos, foi importante o menino, o Darwin [Núñez], marcar, porque tem estado a demonstrar qualidade, com assistências para os colegas. Temos a certeza que contratámos um grande jogador, um ‘big' jogador, um jogador que vai de ‘top'", vincou. 

O Benfica venceu esta quinta-feira o Lech Poznan, na estreia na Liga Europa, por 4-2, com Darwin Núñez a ser a figura do encontro com três golos marcados