Portugal
"Quem anda a tirar a carta de condução não está apto para conduzir", diz ANTF
2021-01-14 13:25:00
Associação de Treinadores insiste nas críticas a Rúben Amorim, treinador do Sporting

A Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) volta a criticar Rúben Amorim, por discordar de que o treinador do Sporting possa permanecer na área técnica, por estar já inscrito no curso de nível IV da UEFA.

"Quem anda a tirar a carta de condução não está apto para conduzir", refere José Pereira, presidente da ANTF, em alusão ao facto de que, para si, o treinador do Sporting ainda não pode ser considerado treinador principal.

Porém, os regulamentos da Liga permitem ser considerado como treinador principal um técnico que já esteja inscrito no curso de nível IV da UEFA. E por isso José Pereira diz que vai acatar a decisão, embora discorde.

"Rúben Amorim está nas condições em que estão ou já estiveram outros treinadores", refere o líder daquela associação, em declarações à Renascença, destacando que a lei está assim feita na Liga pois "estando inscrito como formando de ‘grau IV – UEFA-Pro’, pode durante seis meses a desempenhar as funções".

"É isso que prevê o regulamento de competições da própria Liga", realça José Pereira, insistindo que apesar da Federação Portuguesa de Futebol validar esta situação, a ANTF não se revê.

"Rúben Amorim está inscrito no curso UEFA-Pro e, nessa circunstância, está de acordo com o regulamento de competições, embora nós (ANTF) e algumas entidades não concordemos com isso", insistiu, àquela rádio.

José Pereira explica que a Associação de Treinadores tem estado em contacto com o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e espera que em breve isto se resolva.

"Essa situação está a ser resolvida pelo IPDJ junto da Liga e penso que, no futuro, essa alínea vai ser eliminada", disse, referindo que, em termos práticos, de agora em diante, Rúben Amorim poderá estar na zona técnica a dar indicações aos jogadores.

O treinador do Sporting também já pode comparecer na zona de entrevistas rápidas após os jogos, rendendo o adjunto Emanuel Ferro, que ia desempenhando essa função até agora.