Portugal
Presidente do Santos confirma Veríssimo no Benfica e revela detalhes do negócio
Redação
2021-01-15 16:40:00
Rueda diz ainda que presidente do Benfica "é duro"

O presidente do Santos confirmou que Lucas Veríssimo é jogador do Benfica mas admitiu que o central só chegará à Luz após a final da Taça Libertadores que o 'peixe' vai disputar contra o Palmeiras, de Abel Ferreira.

"O presidente do Benfica é muito duro, a negociação não começou bem por causa da situação financeira fraca", explicou o presidente do Santos, lembrando que as águias "pressionaram muito" para contratar o jogador.

"A primeira proposta era de pagar em seis anos, mas depois de 20 ou 25 dias chegámos a um bom denominador", referiu o líder máximo do emblema da Vila Belmiro, em declarações à brasileira Gazeta Esportiva.

Andrés Rueda explicou depois os detalhes do negócio Lucas Veríssimo, que a partir de fevereiro vestirá de encarnado. "De cinco anos, passou a um pagamento de, basicamente, 75 por cento em 2021, e a última parcela mais à frente".

O dirigente do 'peixe' explicou que conseguiram "também, em relação à proposta inicial, uma redução da parte do passe do jogador, que tinha 15 por cento e abriu mão de cinco por cento".

"Outro ponto negociado com o empresário foi a comissão, que diminuímos. Fizemos uma composição financeira mais atraente", assim faz a leitura do negócio o presidente santista.

O presidente do emblema canarinho confirmou ainda que Lucas Veríssimo será jogador do Santos até ao final da Taça Libertadores, seguindo posteriormente para Lisboa, onde Jorge Jesus o espera.

"Teoricamente, tudo ficou fechado, mas com a condição principal de ele ficar até ao final da Libertadores. Numa hora queriam-no no imediato, noutra hora só queriam pagar depois da transferência".

Andrés Rueda confirma que "houve desgaste da negociação, mas, no final, ficou tudo certo e aceitaram todas as condições" que o Santos colocou em cima da mesa.

Ultimamente, o Conselho Fiscal do Santos foi recusando as propostas do Benfica, na ordem dos 6,5 milhões de euros. Lucas Veríssimo não gostou da decisão e já havia, anteriormente, pedido ao clube para não alinhar pelo Santos.

Agora, finalmente, há 'fumo branco' e o negócio é dado como finalizado pelo líder do Santos, com Jorge Jesus a respirar de alívio por contar, de fevereiro em diante, com um reforço desejado.