Portugal
"Sporting está preocupado com gritos e nós também. Não vamos encher chouriços"
Redação
2021-02-26 13:20:00
"Estamos habituados na Champions a defrontar equipas poderosíssimas", afirmou o técnico portista

O FC Porto entra em campo frente ao Sporting, neste sábado, ciente da importância de vencer para reduzir distâncias para o topo e relançar a luta pelo título de campeão nacional.

Com dez pontos de desvantagem para o rival, Sérgio Conceição diz que só a vitória interessa aos azuis e brancos no duelo do Dragão, embora espere um embate bem disputado, mas lembrando que os nortenhos estão habituado a jogos de pressão.

"Estamos habituados na Champions a defrontar equipas poderosíssimas. A pressão é sempre a pressão de representar o FC Porto e está presente aqui todos os dias. É uma pressão boa", afirmou Sérgio Conceição, destacando não vai recordar aos jogadores a recuperação pontual da última época para motivar os seus atletas.

"Não é por aí. Não utilizo jogos passados para o trabalho mais emocional. Não é necessário. As épocas são diferentes, os adversários são diferentes. Há que focar na estratégia e no que temos que fazer", comentou o treinador portista, que falou também sobre a necessidade de potenciar o tempo útil de jogo.

"Portugal está na cauda dos países com menos tempo útil de jogo. Vamos lá ver... Isto é cultural e temos de melhorar", apelou Conceição, que, nessa lógica, fez referência às palavras recentes do jogador André Horta, do SC Braga, que disse que "em Portugal parece que as equipas não querem jogar".

Na conferência de imprensa de lançamento do clássico contra os leões, e seguindo a linha do tempo útil, Conceição falou sobre os "gritos" que o Sporting foi dando na meia-final da Taça da Liga.

"Com o Sporting tivemos quatro faltas ofensivas porque gritaram na área, caíram e o árbitro marcou. Em dois o árbitro não estava a olhar. Já que o Sporting está preocupado, nós também estamos preocupados com os gritos. Percebem? Há um conjunto de situações que se podem debater para melhorarmos. Presidentes, treinadores, jogadores, dirigentes para que depois possamos ser mais competitivos", disse o técnico dos dragões, reagindo assim aos lamentos que o Sporting tem feito a respeito dos toques aos jogadores do FC Porto que têm resultado em penáltis para os portistas.

O técnico disse ainda que não se ia alongar mais pois não valia a pena falar na "polémica momentânea para armar logo à noite". "Isso é encher chouriços, desculpem-me a expressão".

O FC Porto, de Sérgio Conceição, defronta o Sporting, de Rúben Amorim, neste sábado, a partir das 20h30, no Estádio do Dragão, em embate referente à 21.ª jornada do campeonato. As duas equipas estão separadas por 10 pontos, com vantagem para a formação leonina.