Portugal
"O Rúben Amorim não pediu jogadores caríssimos. Aposta na formação"
Redação
2021-05-11 12:10:00
"Frederico Varandas passa serenidade ao grupo porque é uma pessoa serena", refere Manuel Fernandes

Para Rúben Amorim, palavra dada é palavra para ser cumprida. O treinador do Sporting confirmou, pela primeira vez, que os leões são candidatos ao título, agora que o emblema verde e branco já precisa de apenas uma vitória para atingir tal objetivo. "Obviamente somos candidatos ao título porque somos candidatos a vencer todos os jogos", disse Rúben Amorim, seguindo uma linha de comunicação que Manuel Fernandes destaca e aprecia, elogiando o comportamento que o treinador dos leões tem na definição do objetivo e também nos resultados alcançados.

"O Rúben Amorim vinha com ideias definidas. Não pediu jogadores caríssimos. Aposta na formação. O Sporting aposta na formação. O Rúben Amorim acredita neles", declarou o antigo avançado verde e branco, realçando que, agora que a caminhada está perto de chegar ao fim e com sucesso para os leões, com a provável conquista do título de campeão, é tempo de lembrar que Amorim nem quando as coisas pareciam cair por terra alterou o discurso e não abandonou as convicções.

"Quando o Sporting perdeu um ou dois pontos não se oscilou ou mudou o discurso", comentou a antiga glória verde e branca, lembrando também o papel que Frederico Varandas, o presidente do Sporting, desempenhou para manter as 'tropas' unidas.

"Frederico Varandas passa serenidade ao grupo porque é uma pessoa serena", analisou Manuel Fernandes que, anteriormente, já tinha deixado rasgados elogios ao presidente do Sporting pela forma como tem comandado o clube desde que assumiu os destinos do Sporting em 2018.

Em declarações na Sporting TV, Manuel Fernandes não deixou, contudo, de criticar algumas posições que o Conselho de Arbitragem assumiu para os jogos dos leões neste campeonato, nomeadamente ao nível das nomeações.

"Tenho que ser sincero. O Conselho de Arbitragem tem de ter um bocadinho de cuidado. Em cinco jogos, três árbitros eram da Associação de Futebol do Porto e o FC Porto estava em segundo a lutar com o Sporting. São coincidências? O Conselho de Arbitragem deveria ter cuidado com as nomeações", aconselhou Manuel Fernandes.

A antiga glória verde e branca lembrou que tem experiência no futebol e reconhece algumas práticas. "Também sabemos como é que isto muitas vezes funciona", realçou Manuel Fernandes.

O Sporting recebe o Boavista, nesta terça-feira, a partir das 20h30, no Estádio de Alvalade, em Lisboa, numa partida que vai ser arbitrada por Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

Com mais cinco do que o campeão FC Porto, os leões apenas necessitam de mais dois pontos para fazerem a festa do título, coisa que escapa de Alvalade há quase 20 anos.