Portugal
"O grupo só pode ver verde, não pode estar distraído com vermelho ou azul"
2020-10-31 18:50:00
Rúben Amorim quer vencer o Tondela para ultrapassar o Benfica à condição e deixar o FC Porto a seis pontos

O Sporting pode assumir amanhã a liderança à condição da I Liga, dado que o Benfica só joga na segunda-feira, e ficar com seis pontos de vantagem sobre o FC Porto à sexta jornada da prova.

Na antevisão do encontro, Rúben Amorim garantiu que o único pensamento dos leões passa pelo triunfo sobre o Tondela, apontando os resultados dos rivais como distração.

"O grupo de trabalho só pode ver verde. Não se pode distrair com o vermelho ou com o azul. O que queremos amanhã é conquistar os três pontos ao Tondela, pois se garantirmos a vitória não precisamos de pensar mais nada", explicou.

Ainda assim, o técnico lembrou que o Sporting tem a ambição de "melhorar na tabela" sempre que surgir a oportunidade.

O técnico travou a euforia lembrando o percurso da época passada.

"Quando chegámos aqui foi mais ou menos a mesma coisa [bons resultados] e uma derrota no Dragão mudou tudo. Nada que não estivesse à espera, mas não é nada de especial. Estamos no Sporting, muito no início deste trabalho, apesar de o termos começado no ano passado. Agora, é sempre melhor trabalhar sobre bons resultados", salientou.

Os leões têm registado bons resultados, mas ainda não conseguem "dominar" o desenrolar do jogo, embora já o "controlem".

"Vamos aprendendo com os jogos e tirando ilações. Percebi que tivemos algumas precipitações com a bola [no jogo com Gil Vicente], mas foi o jogo em que sofremos menos ataques. Na frente, podemos ter mais calma e paciência. O Sporting precisa de dominar mais, controlámos mas não dominámos", explicou.

Com cinco jornadas disputadas, os leões registam um total de 18 cartões amarelos. Ainda assim, ninguém em Alvalade se sente condicionado.

"Com o decorrer do campeonato, vamos todos melhorar, as equipas e os árbitros. Não estamos condicionados e se os centrais ficarem castigados será a oportunidade do Inácio e do Quaresma", apontou.

Rúben Amorim falou ainda de Paco, o treinador do Tondela que foi adjunto no Benfica.

"Foi a primeira vez que entrei num ginásio para trabalhar, teria sido melhor jogador se o tivesse apanhado antes. Conheço bem as ideias do Tondela, mas não muito bem a sua. Vem uma equipa motivada e sem qualquer tipo de responsabilidade. Queremos melhorar em relação ao jogo com o Gil Vicente", finalizou.

O Sporting, segundo classificado da liga portuguesa, com 15 pontos, recebe no Estádio José Alvalade, a partir das 20:00 de domingo, o Tondela, 14.º classificado, com cinco pontos, em jogo da sexta jornada do campeonato, que será apitado pelo árbitro António Nobre, da Associação de Futebol de Leiria.