Prolongamento
"O Bernardo Silva tinha de nascer 10 vezes. O Mbemba já nasceu quatro"
2022-01-21 11:00:00
"O FC Porto também nasceu duas vezes. Já percebi a tradição desse lado", diz Braz Frade

O central Chancel Mbemba viu o seu nome envolvido numa polémica relativamente à sua data de nascimento, existindo incertezas sobre a data em que a mãe do defesa agora do FC Porto o deu à luz. As dúvidas não são propriamente novas, até porque já em 2015, aquando da sua transferência dos belgas do Anderlecht para os ingleses do Newcastle, foi feita uma queixa na FIFA por conta deste assunto.

De acordo com o jornal Record, em 2015, a licença de jogador no Congo indica que Chancel Mbemba nasceu a 8 de agosto de 1988. Porém, em 2011, a propósito de um Campeonato Africano das Nações (CAN) para jovens a indicação era de que Mbemba tinha nascido no ano de 1991, havendo ainda relatos de que quando rumou ao Anderlecht, o seu ano de nascimento passou a ser em 1994, sendo que o jogador garante ter nascido em 1990. 

Este tema voltou a ser debatido na CMTV onde João Braz Frade, antigo vice-presidente do Benfica, com muito humor à mistura, aproveitou para lançar uma alfinetada em direção ao clube nortenho, levantando dúvidas relativamente à data de fundação do FC Porto e associando-lhe este tema da data de nascimento de Mbemba.

"É normal que o Mbemba esteja a ser o melhor central do FC Porto porque nem todos os jogadores nascem quatro vezes. Este já nasceu quatro vezes, portanto, é normal que seja realmente", comentou João Braz Frade.

Por outro lado, para o antigo vice-presidente das águias, "no FC Porto já são um habito estas coisas". "O FC Porto também nasceu duas vezes, tem duas datas de fundação. Já percebi a tradição desse lado", acrescentou o antigo dirigente encarnado, sustentando ainda que há particularidades que só vê acontecer no emblema liderado por Jorge Nuno Pinto da Costa.

"Realmente, só o FC Porto é que consegue estas coisas, um jogador que nasce quatro vezes", declarou João Braz Frade, referindo que o Benfica enfrenta diversas polémicas mas nenhuma semelhante a esta.

"Nós, no Benfica, com tantos escândalos e ainda não se arranjou nenhum que tivesse nascido mais que uma vez. Aliás, uma vez, o Jorge Jesus disse ao Bernardo Silva que tinha de nascer 10 vezes para jogar na primeira equipa do Benfica mas enganou-se."

Ainda em relação a Chancel Mbemba, João Braz Frade prosseguiu com o tom sarcástico para declarar que vê com curiosidade esta situação. "Agora, neste caso [Mbemba] o homem tem quatro datas de nascimento".

O central Chancel Mbemba cumpre a quarta temporada de dragão ao peito, sendo, nesta altura, uma das referências da defesa azul e branca. O jogador, recorde-se, está em final de contrato com os portistas.