Portugal
"Morrerem 200 pessoas por dia dói no coração de qualquer português", diz Jesus
Redação
2021-01-20 23:20:00
Treinador comenta "situação muito difícil" no país numa semana em que Benfica "teve 26 casos" de covid-19

Jorge Jesus analisou o impacto da covid-19 no Benfica, numa semana em que o emblema da Luz registou 26 casos, e salientou que todo o país se encontra perante "uma situação muito difícil".

"Não queria falar muito do que se passou, porque parece que me vou desculpar. O povo português está a atravessar uma situação muito difícil. Morrerem 200 pessoas por dia dói no coração de qualquer português", comentou o técnico, na conferência de imprensa após o jogo com o SC Braga.

"Numa semana tivemos 26 casos no Benfica, entre jogadores e staff. Nos treinos não nos podemos encontrar uns com os outros, não há ambiente... É como nas famílias, quando têm de estar separadas. Foi um surto muito complicado e tivemos que nos adaptar. Não foi por ter mexido tanto que o Benfica não ganhou, podia ter ganho", frisou Jesus, voltando a elogiar a resposta dos jogadores com menos minutos.

"Mesmo com esta equipa o Benfica fez o suficiente para vencer o jogo. Falhámos nos pormenores. Sofremos dois golos em segundas bolas. São dois cantos, perdemos alguns posicionamentos nas segundas bolas, o que é normal, a última linha nunca jogou junta. A equipa não jogou bem defensivamente, no resto esteve perfeita", adiantou.

Ainda sobre a covid-19, Jorge Jesus admitiu que "assusta" nunca saber "o que vai acontecer". "Já são 18 jogadores que tiveram este problema. Na equipa técnica, o único não infetado sou eu. É complicado emocionalmente. É mais fácil o jogo do que gerir todo o grupo durante a semana. Esta última semana não foi fácil para nós", desabafou.

"Não nos podemos estar a desculpar com nada, estou satisfeito com o que os jogadores deram. A minha insatisfação é porque perdi e por sentir que podíamos ter ganho", insistiu o técnico.

Ainda durante a conferência de imprensa, Jorge Jesus recusou comentar as declarações de Sérgio Conceição, depois do treinador do FC Porto ter dito que o Benfica festejou o empate no clássico com "ambiente de ganhar a Champions".

"Estamos na meia-final da Taça da Liga, o jogo com o FC Porto já passou, já falei sobre isso, não vou comentar coisas que já foram vistas", foi a resposta do treinador do Benfica.