Portugal
"Em 40 minutos, Francisco Conceição já conseguiu ter dois penáltis"
Redação
2021-02-22 23:40:00
Miguel Braga realça que FC Porto tem mais grandes penalidades do que SC Braga, Sporting e Benfica juntos

A forma como o FC Porto venceu esta noite o Marítimo, com um golo de penálti nos descontos, mereceu um comentário irónico de Miguel Braga, diretor de comunicação do Sporting.

O dirigente leonino apontou a “particularidade” que envolve Francisco Conceição, sobre quem  foram cometidas faltas que deram penáltis a favor do FC Porto nos jogos com Boavista e Marítimo.

“Tem-se falado muito do novo jogador do FC Porto e ele está com uma média extraordinária de penáltis sofridos. Em 40 minutos, o Francisco Conceição já conseguiu ter dois penáltis por faltas cometidas sobre si, o que, se não é um recorde, é no mínimo um número muito interessante”, comentou Miguel Braga, em declarações na Sporting TV.

Esta noite, os dragões beneficiaram da 12.ª grande penalidade, decorridas 20 jornadas do campeonato. “O FC Porto conseguiu vencer com o 12.º penálti que foi marcado esta época a seu favor. São 12 penáltis em 20 jogos, o que quer dizer que, em 60 por cento dos jogos, o FC Porto tem um penálti a seu favor”, contabilizou o porta-voz leonino.

“Relembro que, quando terminou a primeira volta, o FC Porto tinha os mesmo penáltis que o SC Braga, o Sporting e o Benfica juntos. Atualmente, já consegue ter mais, o que é uma coisa extraordinária”, insistiu ainda Miguel Braga.

Já numa antevisão ao clássico de sábado, o dirigente leonino deixou uma garantia: “Se o Sporting ganhar o jogo não é automaticamente campeão, se perder o jogo também não deixa de ficar à frente”.

Na mesma intervenção no canal do clube, o responsável pela comunicação do Sporting deixou também críticas ao Benfica, depois das águias terem vindo pedir a divulgação das conversações entre árbitro e videoárbitro nos jogos com Moreirense e Farense.

"Fico satisfeito que o Benfica adira à nossa causa, mais vale tarde do que nunca, acho é o pedido estranho por ser altamente seletivo, pois querem as comunicações do VAR dos jogos em que acham que têm razão. Esperamos que o Benfica deixe de ser seletivo e perceba que isto seja uma questão de transparência", comentou Miguel Braga.