Portugal
"Ao FC Porto qualquer toque resulta em penálti", diz Benfica
Redação
2021-02-23 12:40:00
Águias recusam ainda a ideia de "Guerra Fria" na Luz entre Vieira e Jesus

O Benfica recusa a ideia de 'divórcio' entre Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus e desmente que a estrutura esteja dividida nesta altura em que os resultados não aparecem.

"A Guerra Fria terminou há três décadas, mas parece perdurar no imaginário de algumas mentes, que, à falta de dados objetivos que sustentem teorias variadas, enveredam por narrativas ficcionais, sem qualquer adesão à realidade", referem as águias.

O Benfica diz que a mensagem é "clara". "Vamos ser muito claros: não há guerra de qualquer espécie (ou temperatura) no seio do Sport Lisboa e Benfica", salientam os encarnados, destacando que, pelo contrário, "o tempo é de união e não de passa culpas".

"Já há muito que o Benfica deixou de ser gerido de fora para dentro. São anos e sucessivas decisões importantes a comprová-lo. Sabemos onde estamos e para onde vamos. Conhecemos o contexto em que estamos inseridos e que desafios temos pela frente."

O clube da Luz destaca que "não obstante as muitas adversidades", o tempo é de união. "Seguimos juntos na demanda de recolocar o Benfica no lugar que os benfiquistas desejam e merecem", refere o clube encarnado, voltando a criticar a ausência de grandes penalidades, por oposição ao FC Porto.

"Entre essas adversidades consta o inexplicável fenómeno das grandes penalidades, cuja atribuição ao Benfica parece subitamente vedada no campeonato."

O emblema liderado por Luís Filipe Vieira nota um "mistério" relacionado com "aparente impossibilidade de se assinalarem faltas na área dos adversários" das águias.

"E, como se não bastasse, jornada após jornada, observamos a discricionariedade ao nível dos critérios. Ao FC Porto qualquer toque resulta em penálti, e já são 12, enquanto ao Benfica nenhum, por mais evidente que seja, justifica um castigo máximo ou sequer, nalguns casos, uma apreciação por parte do VAR."

O emblema benfiquista aproveita ainda para avisar que Luís Filipe Vieira falará no próximo domingo, dia de aniversário do clube, e esta questão fará parte da narrativa do presidente das águias.

"Sobre estas e outras questões, e tal como já está previsto desde o início do mês, falará o presidente Luís Filipe Vieira a 28 de fevereiro, o dia em que comemoramos o 117.º aniversário de vida do nosso querido Benfica."