Portugal
António Salvador ameaçado e forçado a mudar número de telefone
Redação
2021-01-25 16:15:00
Presidente bracarense faz queixa às autoridades

O presidente do SC Braga, António Salvador, foi ameaçado e insultado pelo telefone, nos últimos dias, de tal modo que se viu forçado a mudar de número.

Avança o jornal O Jogo que o líder bracarense recebeu mensagens anónimas e ofensivas, depois do apito final do encontro de Leiria frente ao Sporting, no qual deixou duras críticas aos árbitros e lançou 'farpas' ao emblema de Alvalade.

"É com grande satisfação que vejo o Sporting a vibrar tanto, tanto, tanto com as vitórias sobre o SC Braga. É sinal, de facto, que eles, às vezes, sentem-se pequenos ao lado do nosso clube", referiu António Salvador.

Antes, as comitivas diretivas de Sporting e SC Braga travaram-se de razões na tribuna do Estádio Dr. Magalhães Pessoa, vivendo-se momentos de tensão, com empurrões, trocas de palavras e movimentos mais agitados.

Perante as ameaças dos últimos dias, António Salvador já terá mesmo apresentado queixa nas autoridades, entregando igualmente os contactos de WhatsApp, que estão identificados, esperando que os autores das ofensas sejam apanhados para prestar explicações em sede própria.

A final da Taça da Liga tem provocado uma agitação no futebol português, com o registo também de um episódio de vandalismo no talho de Manuel Mota, quarto árbitro da partida.

estabelecimento comercial de Manuel Mota foi vandalizado nas horas que se seguiram ao encontro de Leiria entre Sporting e SC Braga, que os leões venceram por 1-0.

Aliás, tanto leões como bracarenses já tiveram oportunidade de condenar os atos de vandalismo contra o talho de Manuel Mota, que irá apitar agora o Farense-FC Porto.